Skip to main content
Search

Carreiras

Saiba mais sobre as Carreiras da Johnson & Johnson. Descubra os nossos negócios, entenda a nossa cultura e saiba como contratamos.

A nossa empresa

A J&J dedica-se à saúde e ao bem-estar. Saiba mais sobre a nossa estratégia de gestão, a estrutura da empresa, os nossos pontos de vista e as nossas posições, os valores do nosso Credo, os nossos colaboradores e diversidade, e muito mais.

V03 KOMPENSAN® 340 mg comprimidos para chupar, carbonato de di‐hidróxido de alumínio e sódio e V02 KOMPENSAN ‐S® 340 mg + 30 mg, comprimidos para chupar, carbonato de di‐hidróxido de alumínio e sódio e dimeticone. Medicamentos não sujeitos a receita médica. KOMPENSAN® está indicado no alívio sintomático de perturbações gastrointestinais, tais como pirose e enfartamento, devidas à hiperacidez. KOMPENSAN‐S® está indicado no alívio sintomático de perturbações gastrointestinais tais como pirose, enfartamento, flatulência, aerofagia e meteorismo. Contraindicados em doentes com hipersensibilidade às substâncias ativa ou a qualquer dos excipientes, bem como em doentes com função renal comprometida, doentes com hipofosfatemia, obstipação e estenose colónica conhecida. Administrar com precaução em doentes hemodialisados. Estes medicamentos contêm alumínio, sacarose e sódio. Não são recomendados em crianças com idade inferior a 12 anos. Leia cuidadosamente as informações constantes das embalagens e dos folhetos informativos. Em caso de dúvida ou de persistência dos sintomas consulte o seu médico ou farmacêutico. Johnson & Johnson, Lda. Lagoas Park, Edifício 9 2740-262 Porto Salvo. NUIPC 500 153 370.

V02 CÊGRIPE® 500 mg + 1 mg comprimidos. Paracetamol + clorofeniramina. Medicamento não sujeito a receita médica. Indicado no tratamento sintomático de síndromes gripais e constipações. Contraindicado em insuficientes hepáticos, renais ou respiratórios, hepatite viral, tosse asmática e produtiva e em casos de hipersensibilidade às substâncias ativas ou a qualquer um dos excipientes. Não recomendado em crianças com menos de 12 anos e com peso inferior a 30 kg. Especial precaução em doentes com glaucoma, anemia, ingestão controlada de sódio e em alcoólicos crónicos ou consumidores diários de 3 ou mais bebidas alcoólicas. Recomenda-se redução de dose nos idosos. Contém lactose. Leia cuidadosamente as informações constantes da embalagem e do folheto informativo. Em caso de dúvida ou persistência dos sintomas, consulte o seu médico ou farmacêutico. Johnson & Johnson, Lda. Lagoas Park, Edifício 9 2740-262 Porto Salvo. NUIPC 500 153 370.

V03 CECRISINA®, comprimidos efervescentes, 1g. Vitamina C. Indicado na astenia associada à convalescência e a doenças infeciosas e na prevenção de estados de carência de vitamina C. Contraindicado no caso de hipersensibilidade aos componentes, litíase oxálica, insuficiência renal e retenção de ferro. Contém sacarose e sódio. Não exceder a dose indicada. Doses elevadas podem alterar resultados de diversos testes laboratoriais. Leia cuidadosamente as informações constantes da embalagem e do folheto informativo. Em caso de dúvida ou persistência dos sintomas, consulte o seu médico ou farmacêutico. Medicamento não sujeito a receita médica. Para mais informações deverá contactar o titular da autorizaçaõ de introduçaõ no mercado Johnson & Johnson, Lda. Lagoas Park, Edifício 9, 2740-262 Porto Salvo. NUIPC 500 153 370.

V04 NASEX®, 0,5 mg/ml Gotas nasais, solução e Solução para inalação por nebulização. Oximetazolina. Medicamento não sujeito a receita médica. Indicado em caso de congestão da mucosa nasal com alívio sintomático das situações de rinite aguda e nasofaringite, sinusite aguda, rinite vasomotora aguda e rinite alérgica sazonal. Administrar por via nasal 1 a 3 nebulizações em cada narina, 2 a 3 vezes por dia, não excedendo 6 nebulizações em cada narina, num período de 24 horas. NASEX® está contraindicado em doentes com hipersensibilidade à substância ativa ou a qualquer um dos excipientes, em doentes em tratamento com IMAO ou nas 2 semanas seguintes à interrupção do tratamento com um IMAO e nos doentes com glaucoma de ângulo fechado. Sempre que se tomarem medicamentos antidepressivos, anestésicos (ciclopropano, halotano) ou metildopa deve consultar-se um médico antes de utilizar NASEX®. Deve ser usado sob a orientação de um médico em doentes com doença cardiovascular pré-existente, em particular em doentes com doença coronária cardíaca e hipertensão e com precaução em doentes com doença da tiroide, diabetes mellitus ou hipertrofia prostática. NASEX® contém cloreto de benzalcónio que pode causar irritação ou edema da mucosa nasal, especialmente se usado durante um longo período de tempo e pode causar pieira e dificuldades em respirar (broncoespasmo), especialmente se tiver asma. NASEX® não deve ser usado por períodos longos/frequentemente, nem em crianças com menos de 6 anos. Os efeito secundários conhecidos (Epistaxe, desconforto nasal e irritação na garganta) são muito raros. Outras reações adversas incluem: congestão nasal recorrente. Leia cuidadosamente as informações constantes da embalagem e do folheto informativo. Em caso de dúvida ou persistência dos sintomas, consulte o seu médico ou farmacêutico. Johnson & Johnson, Lda. Lagoas Park, Edifício 9 2740-262 Porto Salvo. NUIPC 500 153 370.

V06 NASEXILO®, cloridrato de xilometazolina 1mg/ml, solução para pulverização nasal, sem conservantes. Medicamento não sujeito a receita médica. Indicado para o tratamento sintomático da congestão nasal causada por rinite ou sinusite. Este medicamento só pode ser utilizado como tratamento de suporte temporário nas situações de rinite alérgica. NASEXILO® está contraindicado nos doentes em tratamento com IMAO, nos doentes com aumento de pressão intraocular, nos doentes com rinite atrófica ou vasomotora, com inflamação seca da membrana mucosa nasal seca, após hipofisectomia transfenoidal ou cirurgias transnasais/transorais, em crianças com idade inferior a 12 anos e em doentes com hipersensibilidade à substância ativa ou a qualquer dos excipientes.  Deve ser administrada com precaução em doentes com doenças cardíacas ou vasculares, hipertensão, hipertiroidismo ou diabetes, bem como situações concomitantes de hipertrofia da próstata e feocromocitoma. A duração do tratamento deve restringir-se ao período de tempo mais breve possível. Não deve ser utilizado durante a gravidez. Efeitos indesejáveis mais frequentes: dor ou ardor no nariz e garganta e secura da membrana mucosa nasal. Leia atentamente as informações constantes na embalagem e no folheto informativo. Em caso de dúvida ou persistência dos sintomas, consulte o seu médico ou farmacêutico. Johnson & Johnson, Lda. Lagoas Park, Edifício 9 2740-262 Porto Salvo . NUIPC 500 153 370.

V04 BENYLIN®, 2,8 mg/ml + 0,4 mg/ml Xarope. Cloridrato de difenidramina +  levomentol. Medicamento não sujeito a receita médica. Indicado no alívio dos sintomas da congestão nasal associados a rinite alérgica ou a infeções respiratórias altas e no tratamento da tosse. Crianças com idade inferior a 6 anos não devem tomar BENYLIN®, exceto se prescrito pelo médico. Não utilizar para causar sonolência na criança. Não utilizar com outros medicamentos contendo cloridrato de difenidramina. Pode causar sonolência pronunciada, conduza com precaução. Pode aumentar os efeitos sedativos dos depressores do sistema nervoso central, pelo que deverá consultar o seu médico antes de tomar estes medicamentos. Evite a ingestão de bebidas alcoólicas. Pode ocorrer excitabilidade. Não deve ser utilizado para o tratamento da tosse persistente ou crónica, ou quando a tosse é acompanhada por secreções excessivas, exceto quando indicado pelo médico. Consulte o seu médico antes de tomar BENYLIN®, se tiver problemas respiratórios, glaucoma e hiperplasia da próstata. Contém sacarose, glucose, sódio, glicerol, benzoato de sódio, vermelho Ponceau 4R (E124) e etanol 96%. O seu uso está contraindicado em doentes com hipersensibilidade às substâncias ativas ou a qualquer dos excipientes. Leia cuidadosamente as informações constantes da embalagem e do folheto informativo. Em caso de dúvida ou de persistência dos sintomas consulte o seu médico ou farmacêutico. Johnson & Johnson, Lda. Lagoas Park, Edifício 9, 2740-262 Porto Salvo. NUIPC 500 153 370.

V03 COLLU-HEXTRIL®, 2 mg/ml Solução para pulverização bucal, hexetidina. Medicamento não sujeito a receita médica. COLLU-HEXTRIL® está indicado nos estados infeciosos, inflamatórios e dolorosos da orofaringe em crianças e adultos, no tratamento de anginas diversas, laringites, traqueítes, amigdalites e faringites. Na desinfeção da cavidade orofaríngea no decurso de doenças infeciosas e eruptivas e no tratamento de afeções epidémicas sazonais e ainda no pós-operatório de intervenções otorrinolaringológicas e estomatológicas e afeções estomatológicas. Não se recomenda a utilização em crianças com idade inferior a 6 anos. Não é adequado para sintomas persistentes. Não se recomenda a utilização por períodos superiores a 7 dias. Contraindicado em doentes com hipersensibilidade à hexetidina ou a qualquer um dos excipientes. Leia cuidadosamente as informações constantes da embalagem e do folheto informativo. Em caso de dúvida ou persistência dos sintomas, consulte o seu médico ou farmacêutico. Johnson & Johnson, Lda. Lagoas Park, Edifício 9, 2740-262 Porto Salvo. NUIPC 500 153 370.

V03 CEGRINASO®, 200 mg de ibuprofeno e 30 mg de cloridrato de pseudoefedrina, comprimidos revestidos por película. Medicamento não sujeito a receita médica – Dispensa Exclusiva em Farmácia. Indicado para o tratamento sintomático da congestão nasal associada a rinossinusite aguda com suspeita de origem viral com cefaleia e/ou febre em adultos e adolescentes com idade igual ou superior a 15 anos. Tomar 1 comprimido a cada 6 horas, se necessário. No caso de sintomas mais intensos, 2 comprimidos a cada 6 horas, se necessário, até uma dose diária máxima de 6 comprimidos. Não exceder 6 comprimidos/dia. Engolir os comprimidos inteiros sem mastigar com 1 grande copo de água, de preferência às refeições. Duração máxima do tratamento: 4 dias em adultos e 3 dias em adolescentes com ≥ 15 anos. Contraindicado em doentes com hipersensibilidade às substâncias ativas ou a qualquer um dos excipientes; mulheres durante o terceiro trimestre da gravidez ou a amamentar; reações de hipersensibilidade prévias em resposta ao ácido acetilsalicílico ou a outros medicamentos anti-inflamatórios não esteroides (AINEs); antecedentes de hemorragia ou perfuração gastrointestinal relacionada com terapêutica prévia com AINEs; úlcera/hemorragia péptica ativa ou recorrente; hemorragia cerebrovascular ou outras hemorragias; anomalias hematopoiéticas inexplicadas; insuficiência hepática, renal ou cardíaca grave; patologias cardiovasculares graves, doença coronária, taquicardia, hipertiroidismo, diabetes, feocromocitoma; antecedentes de acidente vascular cerebral (AVC) ou presença de fatores de risco para AVC; risco de glaucoma de ângulo fechado e de retenção urinária relacionado com distúrbios da uretra e próstata; antecedentes de enfarte do miocárdio; antecedentes de convulsões; lúpus eritematoso sistémico; utilização concomitante de outros medicamentos vasoconstritores utilizados como descongestionantes nasais e metilfenidato; utilização concomitante de Inibidores da Monoamina Oxidase não seletivos ou utilização de inibidores da monoamina oxidase nas últimas 2 semanas. Evitar a utilização concomitante com outros AINEs. Este medicamento é praticamente “isento de sódio”. Efeitos indesejáveis frequentes: insónia, desconforto gastrointestinal, dispepsia, dor abdominal, náuseas, vómitos, flatulência, diarreia, obstipação, pequena perda de sangue gastrointestinal que pode levar, em casos raros, a anemia, boca seca, náuseas. Leia atentamente as informações da embalagem e folheto informativo. Em caso de dúvida ou persistência dos sintomas, consulte o seu médico ou farmacêutico. Johnson & Johnson, Lda. Lagoas Park, Edifício 9 2740-262 Porto Salvo. NUIPC 500 153 370.

V04 PULMICORT®NASAL AQUA 32 microgramas/dose e PULMICORT® NASAL AQUA 64 microgramas/dose suspensão para pulverização nasal. Budesonida. Contém sorbato de potássio, que pode causar reações cutâneas locais. Medicamento não sujeito a receita médica de dispensa exclusiva em farmácia. Indicado na prevenção e tratamento da rinite alérgica sazonal e perene alérgica ou não alérgica, em adultos com idade ≥ a 18 anos. Contraindicado em caso de hipersensibilidade à substância ativa ou aos excipientes, em doentes com infeção localizada não tratada que afete a mucosa nasal e em doentes com menos de 18 anos (exceto se prescrito pelo médico). Não deve ser utilizado nas seguintes situações, exceto se por indicação médica: uso concomitante de outros corticosteroides (comprimidos, cremes, pomadas), medicação para a asma, pulverizadores nasais semelhantes ou gotas para os olhos ou nariz; infeções nas vias ou seios nasais; lesão recente ou cirurgia nasal. O tratamento com glucocorticosteroides em doses superiores às recomendadas, ou por períodos prolongados pode originar sinais e sintomas de hipercorticismo, supressão da função HPA e/ou supressão do crescimento nas crianças. Podem ocorrer efeitos sistémicos, que incluem síndrome de Cushing, manifestações Cushingóides, supressão suprarrenal, atraso do crescimento em crianças e adolescentes, catarata, glaucoma e, mais raramente, efeitos psicológicos ou comportamentais como hiperatividade psicomotora, distúrbios do sono, ansiedade, depressão ou agressão. Prevê-se que o tratamento em associação com inibidores da CYP3A, incluindo medicamentos que contêm cobicistato, aumente o risco de efeitos secundários sistémicos. O tratamento com doses elevadas superiores às recomendadas pode resultar em supressão suprarrenal. A função hepática reduzida pode afetar a eliminação dos corticosteroides, causando uma menor taxa de eliminação e exposição sistémica superior, pelo que se deve ter em atenção possíveis efeitos secundários sistémicos. É necessário um cuidado especial em doentes com infeção fúngica ou viral das vias aéreas. Deve consultar um farmacêutico ou médico antes de utilizar o medicamento se: estiver a utilizar um corticosteroide para a asma, alergias ou erupção cutânea; estiver presentemente ou tiver estado exposto a alguém com tuberculose, varicela ou sarampo; tiver hemorragias nasais graves ou frequentes ou tiver tido recentemente úlceras nasais ou tiver sido sujeito a cirurgia nasal ou lesão no nariz ainda não curada; tiver sido diagnosticado com glaucoma ou cataratas; tiver uma infeção ocular ou diabetes. Deve consultar um médico se desenvolver sinais ou sintomas de uma infeção como febre persistente. Se apresentar sintomas como visão turva ou perturbações visuais, deve consultar um oftalmologista. Pode provocar uma reação positiva em “testes anti-doping”. Leia cuidadosamente as informações constantes da embalagem e do folheto informativo. Em caso de dúvida ou persistência dos sintomas, consulte o seu médico ou farmacêutico. Johnson & Johnson, Lda. Lagoas Park, Edifício 9, 2740-262 Porto Salvo. NUIPC 500 153 370. PT/PUL/19-2324.

V03 SINUTAB® II 500 mg + 30 mg comprimidos. Paracetamol + cloridrato de pseudoefedrina. Medicamento não sujeito a receita médica de venda exclusiva em farmácia. Indicado no tratamento sintomático a curto prazo da congestão nasal e dos seios perinasais associada aos sintomas de constipação e gripe, como dor moderada, dor de cabeça e/ou febre. Indicado em adultos e adolescentes a partir dos 15 anos de idade. Recomenda-se precaução em doentes com insuficiência hepática ou renal.Contraindicado em caso de hipersensibilidade às substâncias ativas ou a qualquer um dos excipientes. Não administrar em doentes medicados com inibidores das monoaminoxidases ou nas 2 semanas seguintes à interrupção do tratamento. Não utilizar conjuntamente com outros medicamentos contendo paracetamol ou com varfarina. Precaução no caso de doentes cardiovasculares ou com hipertensão. Doentes com doença da tiroide, diabetes, indivíduos com doença renal moderada a grave, com dificuldade em urinar devido ao alargamento da próstata, indivíduos com problemas de alcoolismo não devem tomar Sinutab se este não for indicado pelo médico. Não deve ser utilizado durante a gravidez ou amamentação. Pode causar entre outros os seguintes efeitos adversos: insónia, boca seca, náuseas, tonturas, ansiedade, arritmia, palpitações, retenção urinária e aumento da pressão arterial. Leia cuidadosamente as informações constantes da embalagem e do folheto informativo. Em caso de dúvida ou persistência dos sintomas, consulte o seu médico ou farmacêutico. Johnson & Johnson, Lda. Lagoas Park, Edifício 9, 2740-262 Porto Salvo. NUIPC 500 153 370.